Poema  

Posted by Jean Leal


Meu corpo é tua morada
onde sempre vais habitar;
E o teu templo
pra chorar tuas mágoas
cantar, rir e dançar;
Vou por cada canto do teu corpo
criando minha liberdade
encontrando felicidade
mesmo onde eu não possa ver;
E vais a 100 por hora
pelas vias de meu corpo,
me fazendo gritar feito louco
em uma mistura de medo da morte e prazer;
O pecado da boca nunca é o beijo;
O doce da vida é o desejo;
O amargo é ter de o impedir;
Meu santo e profano é muito complexo
E sei que mesmo assim vais entender;
Percorro conhecendo o teu sexo
E não encontro nenhum limite
entre o teu querer e o meu verso;
E vou navegar pelos teus mares não navegados
E me jogar de onde não posso ver;
Vou pelo teu céu e inferno;
Hoje e no nosso pra sempre
vou te amar e te querer;

Jean Leal

This entry was posted on 20 de jan de 2010 at 19:42 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

24 Bondosas pessoas que comentaram

Oooopa, muito lindo o texto, só me espantei quando vi a foto auhahuhua! TENSO! Otimo otimo otimo!

20 de janeiro de 2010 19:54

Poxa, legal mesmo. parabéns pelo Blog.

20 de janeiro de 2010 19:59

muito bom o poema cara, parabens ;)

20 de janeiro de 2010 20:42

lindo, é isso ae, o mundo precisa de mais poetas rs legal mesmo parabens...faloo

20 de janeiro de 2010 20:47

Lindo! Perfeito..
Adorei o poema e o blog também. Layout legal..
Olha,voc~e poderia fazer um poema que fale de amizade.Se puder me avisa viu?
blogdolenivaldo.blogspot.com.
Lindo aqui
parabéns

21 de janeiro de 2010 23:29

adoro poemas *-*' tá lindo, vou te seguir *-*' http://wellitscool.blogspot.com/

22 de janeiro de 2010 19:45
Este comentário foi removido pelo autor.
22 de janeiro de 2010 19:45

olá vlw por sua visita no meu blog, obrigada.... se quiser me seguir esteja a vontade... bom fim de semanaaaa

22 de janeiro de 2010 19:49

Parabéns pelo blog!

22 de janeiro de 2010 19:53

Hui, esse post é veio pácario, eu fui o primeiro a comentar!

27 de janeiro de 2010 00:24

Bem lgl, expressou de uma forma nao vulgar, gostei, parabens...

27 de janeiro de 2010 00:31

seu texto é muito bem escrito, serio mesmo. tem futuro voce e seu blog

http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/ comenta por favor ?

27 de janeiro de 2010 22:24

muito bom o texto kra!

28 de janeiro de 2010 12:44

Lindo poema.
O calor de alguém sempre vicia quem é aquecido...

29 de janeiro de 2010 15:19

Put'zz legal pacazz... as rimas foram bem boladas, não fizeram do tipo "óbvias" demais... Parabéns! E olhe que poesia não é lah uma daquelas categorias linguisticas que me fazem chegar ao "extase verbal"... Parabéns mais uma vez

www.antonizado.blogspot.com

1 de fevereiro de 2010 01:00

Muito bom o poema! Parabéns!

1 de fevereiro de 2010 08:00

Perfeito! Parabéns, você escreve muito bem.

3 de fevereiro de 2010 00:34

lindo texto, parabéns pelo blog.

3 de fevereiro de 2010 00:42

Lindo!
Ah, queria eu receber ou inspirar um texto assim!
lindo!

3 de fevereiro de 2010 00:58
Anônimo  

nossa que melancolico ''/
mas bem legal xD
cara, vo seguir seu blog..
se vc quiser segue o meu ae o/

http://discoverysongs.blogspot.com/

16 de fevereiro de 2010 17:15

Belo texto! Depois inclusive vou mandar para a minha namorada, rsrsrs...
Abs!

16 de fevereiro de 2010 17:27

MUITO LINDO TEXTO E MUITO INTENSA A IMAGEM DOS CORPOS@

24 de fevereiro de 2010 23:20

Como já tinha postado nos anteriores, escolhi esse.
Por ser um texto bom, leve e bem escrito ;D Gratz

Verball
Siga-nos no @BlogVerbALL

26 de fevereiro de 2010 00:26

PQP mil vezes!!!
que lindo..
perfeito..
me sinto assim as vezes quase sempre..

^^

10 de março de 2010 23:08

Postar um comentário