Saudade  

Posted by Jean Leal


O sol quando desce o horizonte
Não esquece
Que eu ainda estou aqui
Com saudades do teu olhar;
A lua quando toca o mar
Reflete
O brilho dos teus olhos
Quem me levam ao êxtase
Que me aquecem;
A chuva quando cai
Me molha
E me arrepia os cabelos
Me faz sentir vergonha
Tal como aconteces quando me olhas;
E o poeta quando escreve
Nem sempre sai verdades,
Mas quando penso nas mentiras
Noto que é verdadeira a minha saudade

Jean Leal

This entry was posted on 16 de jan de 2010 at 03:48 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

10 Bondosas pessoas que comentaram

Massa cara

parabens!!!

acesse:

http://diarreiavideos.blogspot.com/

17 de janeiro de 2010 00:35

''E o poeta quando escreve
Nem sempre sai verdades,
Mas quando penso nas mentiras
Noto que é verdadeira a minha saudade''.

Me encantou!

18 de janeiro de 2010 06:21

Parabéns pelo blog!
Passa lá no meu, vota na enquete e comenta. Se gostar, dá uma força clicando nos anúncios do Google que vêm logo abaixo das postagens.
http://www.papodeinformatica.blogspot.com

20 de janeiro de 2010 19:17

Eu gosto da poesia, ela tem uma capacidade diferente. Ela não informa, entretanto educa. Educa não da maneira convencional, do modo automático de transmitir informações, mas educa internamente. Educa sentimentalmente. Para mim esse é o maior trunfo da poesia!

20 de janeiro de 2010 19:22

Perder nunca é fácil, é um sentimento que teima em ficar martelando na cabeça, porém, o pERMITIR-SE encontrar um novo alguém é crucial! Tudo na vida mostra-se cíclico, inclusive o amor.

20 de janeiro de 2010 20:58

Escreve muiito bem !

22 de janeiro de 2010 00:40

muito bom o texto cara parabens

22 de janeiro de 2010 19:47
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
23 de janeiro de 2010 02:12

voce é bom nisso hein.. devia investir mais futuramente.. parabens

http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/

27 de janeiro de 2010 00:24

Outro que ficou muito bom jean ;D
Você escreve sobre vários temas, isso é legal.Ultimamente só tenhoe scritos obre morte. Que triste, haha.

Verball
Siga-nos no @BlogVerbALL

27 de fevereiro de 2010 01:52

Postar um comentário