Quarto escuro  

Posted by Jean Leal

No silêncio de um quarto escuro
tudo é claro em minha mente
eu faço verso, fico em cima do muro
tem dias que eu não gosto de gente

Brinco com a lembrança
de um amor que passou
corro atrás, mas não dá mais
parte do que eu era ele levou

Quando a noite, enfim cai
o dia sobe e o sono vai
Pra onde eu corro pra ter teu abraço?
Cada passo no escuro
é um murro na cara do cansaço

De onde virá o sol?
Quero ter um pouco de sua luz
Onde está o ar que me conduz?
Meu bem, vou ter que te esperar
aqui no chão


Jean Leal

This entry was posted on 11 de jul de 2010 at 02:45 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

6 Bondosas pessoas que comentaram

Voce escreve tão bem .. adoro seus textos.. suas palavras..
beeijos.

11 de julho de 2010 12:48

Seus poemas são lindoss!
Parabéns.

Beijo

11 de julho de 2010 16:49

Falaaa, tudo certo??
primeiramente, parabens pelo Blog!

Estou buscando parcerias para o meu blog. Se tiver interessado, deixe um comentario la respondendo, ok??

AbraçosS!

www.videoaulas2009.blogspot.com

15 de julho de 2010 23:39

Pés no chão, amigo!
Pés no chão, sempre. É preciso!

Mas nunca deixe de sonhar...jamais.
É essencial!

abs,
seuanonimo.blogspot.com

27 de julho de 2010 17:20

Passei por aqui cabeça! :) Adorei o blog.. Poemas, aparência.. Tudo ^^ Millll bjs de uma amiga que te ama:D

30 de julho de 2010 20:31
Este comentário foi removido pelo autor.
8 de agosto de 2010 20:54

Postar um comentário