Pensamentos da madrugada  

Posted by Jean Leal



Por Jean Leal

Como é de costume desde os meus 13 ou 14 anos eu não durmo antes das 3 da manhã e é justamente nesse tempo em que os pensamentos vem, talvez seja o sossego da casa(Até meus cachorros dormem esse horário) ou talvez pelo estímulo em que meu vício (café) me traz, mas quase tudo o que escrevo é feito nesse horário.
Antes de dormir - ainda na solidão da fria madrugada- eu penso em diversas coisas, o que faz o tempo passar tão imperceptivelmente e quando me dou por si já amanhaceu.Esses dias agora tenho refletido sobre várias cisas, o que antes pra mim era considerado fútil está se tornando importante, tenho aprendido a dar o valor exato às pessoas - principalmente as que dão valor em mim- tenho aprendido com a saudade o verdadeiro sentido e se contém verdade nos 'Te amo' ditos tão costumeiramente, tenho aberto meus olhos pra vida e tenho agarrado cada oportunidade que ela me dá, independente de onde elas vem;Com a minha solidão tenho aprendido a viver minhas felicidades, quando perdemos algo nós aprendemos e nos fortalecemos mais.É um novo momentos, cheio de coisas que eu ainda não sei e temo por isso.Ando meio à flor da pele, estressado, mas isso se resolve fácil, nada que um bom poema ou uma boa conversa com amigos não resolva;Tenho tentado descobrir em torno de que gira a vida, talvez seja uma busca insana e insensata, mas quem sabe descobrindo isso eu não possa ser melhor, quem sabe assim eu não caia em meros erros, em clichês.
De noite as coisas fluem melhor, certo dia saí de casa e fui sentir a madrugada.O vento vem diferente, não como o de um ventilador ou aqueles de beira-mar...É um vento cortante, vento que traz um novo pensamento, uma nova canção, isso é coisa de quem ama...Esse vento penetra no subconsciente esclarece coisas que há muito estavámos pensando.Afirmo assim que como tudo na vida a madrugada tem seu lado bom e seu lado ruim.
Antes de vir até aqui relatar isso eu me deparei com meu olhar perdido...Estava pensando em tudo, eclarecendo coisas, renovando pensamentos, sonhando...Notei que me olhar se concentrava em alguma estrela distante que me chamava mais atenção, como se ali pudessem se despejar todos os meus pensamentos, problemas e dilemas...
A vida é uma dádiva que nos é concedida com total livre arbitrío, é como um livro que se não o entendermos ele tona-se apenas meras palavras, querer entender a vida por completo é entrar em um eterno labirinto onde as perguntas prevalecem e as respostas não existem.

This entry was posted on 5 de ago de 2009 at 16:47 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

3 Bondosas pessoas que comentaram

natasha  

oi,eu me chamo natasha e estou fazendo um blog,um blog para nós contarmos nossas historias,refletirmos sobre tudo...
é um blog sobre nós,as pessoas que leiem ele,são as que o fazem

7 de agosto de 2009 00:27

Natasha, crie o blog e me mande o link!
Assim que me mandares vamos ver o que poderemos fazer.
abraços, se cuide.

8 de agosto de 2009 01:06

amei muito mt mt tm memso]

14 de agosto de 2009 21:49

Postar um comentário