A bailarina V  

Posted by Jean Leal

 -A bailarina, A bailarina IIA bailarina III,  A bailarina IV

Apagaram-se as luzes.
O espetáculo acabou.
E aquela bailarina
tornou-se só uma menina,
E saiu da mesma forma que entrou.
Ninguém vê o seu choro nem silencia a sua dor,
A bailarina dos meus sonhos
agora é parte do que eu sou.
Minha prisão é meu próprio desejo
E eu sei que no coração dela não estou.
Vago em busca de seus abraços
Pois não os achei em outros braços
e sem ela a minha vida parou.
Depois que ela se foi
Tudo o que eu era deixou de ser
Tudo o que eu cria
não puder crer
Depois que ela se foi
Jamais soube o que era viver.

Jean Leal

This entry was posted on 12 de jan de 2010 at 20:48 . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

4 Bondosas pessoas que comentaram

É quase uma declaração, linda palavras muito bem empregadas. Gostei bastante da parte do abraço dela ser importante. Muito interessante os poemas e textos que temos em seu blog.

Forte abraço.

12 de janeiro de 2010 21:18

Legal dividir a parada em partes =D

____

Estréia do novo quadro: Momento Bretânia!!
http://seriadobretania.wordpress.com/

12 de janeiro de 2010 21:23

lindo!

12 de janeiro de 2010 21:49

Olá, acho que estava devendo uma visita =]

Apenas agora vi seu comentário, estava de férias.

Li toda série da Bailarina, e gostei bastante, essa sua maneira de misturar os versos com prosa é muito belo.

Abraço. õ/

14 de janeiro de 2010 20:01

Postar um comentário